sábado, 28 de abril de 2012

Dança Contemporânea ( parte 2)



No post anterior, vislumbramos um pouco da História da Dança Cênica. Vamos continuar com mais alguns elementos para reflexões e possíveis esclarecimentos. 

 E o público?

 Pois é, o público ( e me incluo nisso,pois muitas vezes acho estranho o que vejo) ainda está acostumado a ver uma Arte decorativa, somos ensinados assim, portanto esperamos por isso. As pessoas ainda se incomodam com uma arte que possam tirá-los da cadeira, ou fazê-los por alguns minutos ( alguns minutos viram anos) terem dúvidas do que estão vendo.
Li um texto muito interessante chamado “Quem tem medo da Arte Contemporânea?” de Luciana Veras.
Este texto baseou-se no livro, realizado através de uma oficina em Recife, escrito pelo curador e critico de Arte Fernando Cocchiarale e também, com a participação de vários historiadores e pesquisadores de correntes artísticas contemporânea para falar de... Medo do Contemporâneo.

  Segundo o texto a Arte Contemporânea causa medo, porque estamos acostumados a ver a Arte desassociada da vida (pense no Ballet Clássico como exemplo), porque o espectador vê suas convenções, conceito de beleza, expectativas toda do avesso. Argumenta que por muitos anos a arte foi vista assim mesmo, porém depois da guerra, o mundo perdeu a inocência” (Pense no mundo como estava e nas Propostas do Movimento Modernista).

A arte Contemporânea, e aqui podemos dizer com toda liberdade: A Dança Contemporânea é realizada nos dias atuais com todos os recursos disponíveis, sensações e vivencias do nosso tempo e esse conceito surgiu por volta dos anos 60, quando a Arte Moderna se esgota. Mas (pasmem), nem toda obra feita na contemporaneidade é contemporânea. (!) O Moderno e o Clássico ainda estão muito próximos dos nossos pensamentos e concepções de Dança ( e de outras Artes também).

Contemporâneo é a Arte que problematiza o mundo que vivemos, como diz no texto “que se impõe como alternativa”, “uma produção que busca uma invenção do mundo que o cerca”.

Muitos que estudam o Contemporâneo ou assistem qualquer coisa relacionado ao Contemporâneo tem a sensação que a obra não foi concluída,  isso porque, segundo diz o texto, “O importante não é a linguagem é a forma de operar”. È o eclético, a “Multiplicidade de expressões”.

“Contemporâneo é o diálogo espírito de uma época” adorei essa frase! È importante que o expectador não procure entender a obra, porque o artista não procura que a obra seja entendida, e sim sentida.

Toda Arte Contemporâneo é um conceito, um pensamento, onde se utiliza de diálogo com outros meios artísticos (ou não) para fazer uma obra.

 Quando falamos de contemporâneo, estamos falando de um pensamento maior e complexo, não somente de um estilo. È o reflexo de nossa sociedade, múltipla, acelerada, confusa, híbrida. È uma linguagem com múltiplos sentidos. ( vc assiste e pode interpretar muita coisa)

Quem vai dizer com precisão sobre a Arte Contemporânea serão outros, os que virão depois de nós. Nós que estamos vivenciando esse processo não podemos dizer nada com muita clareza, são apenas elementos para discussão.

Ainda restam muitas dúvidas? Normal. As pessoas esperam que possamos responder de uma maneira objetiva porque estudamos isso ou aquilo.Por não estar finalizado ou esgotado, não podemos fechar um conceito definitivo para este conceito atual ( que começa mais ou menos na década de 60. Só para lembrar!)

Como na Arte Moderna, no Contemporâneo existem várias correntes. E as aulas sempre são uma mistura de conceitos e técnicas, juntamente com a pesquisa corporal do professor/interprete.

Fui Clara? "To te confundindo para te esclarecer" como diz a música da Zélia Duncan

Deixe sua opinião para discutir o assunto!


Consulta: 
"Quem tem medo da Arte Contemporânea?" Luciana Veras
foto: Merce Cunningham

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marcadores

#MeuDiárioFeminino (1) 1° seminário internacional de dança (1) 2015 (1) Agradecimento (2) alguns nomes da dança contemporânea (1) alunos (2) Amigos da ribalta (2) aniversário! (1) Ano Novo (1) apresentação (14) apresentação de trabalho (3) arteterapia (1) assédio moral (1) atualidade (1) aula aberta (2) aula semanal (2) aviso geral (1) bailarina de férias (1) Ballet Cinderella (1) Ballet Clássico (1) Ballet Stagium (1) benefícios da dança (7) Biblioteca Vila Floresta (1) Bienal Ibirapuera (1) Boas festas (1) Brasil! (1) cachê (1) camisetas do curso (1) campanha (2) cata preta (1) cavaleiros do zodíaco (2) cesas (15) Cia Artística Afro Sol (1) ciclos da vida (3) cinema (1) citação (1) coluna do blog (3) Coluna Ensaios (6) Coluna Registro de Atividade (9) comerciais (1) como usar (1) compartilhar (2) comportamento (1) concurso 2014 (1) conhecendo a blogueira (1) contato (7) Copa das confederações (1) coreografias (3) crianças (1) criatividade (1) critica (1) Curso (3) Curso de Dança e Feminilidade (20) curso on-line (1) Cursos 2014 (3) dança (4) dança contemporânea (9) dança conteporânea (1) Dança e Feminilidade (17) Dança Moderna (1) dança na TV (1) data comemorativa (9) data do Lançamento do livro e vernissage (4) datas (1) desafio Méliuz Startup (3) desânimo (1) Despedida (1) Deusa Afrodite (1) dia do bailarino (1) dia dos pais (1) dia dos professores (1) Dia Internacional da Dança (1) dia mundial da dança (1) dificuldades (1) dilemas da profissão (4) Ditadura Militar (1) divulgação (40) dúvidas sobre o vale dança (1) eleições 2014 (3) engraçado (1) Ensaios (3) ensino (1) escola (1) Espaço Shanti (2) Eu Louvo a Dança (1) evento (4) eventos (1) facebook (1) faculdade de dança (4) (1) feira de artesanato (2) FELIZ PÁSCOA (1) feminilidade (1) feminino (1) filme (2) filme de dança (1) final de módulo (1) foto (2) fotos (22) frases engraçadas (1) gosto (1) grupos de dança (2) heroínas (1) história (9) Homenagem (1) HOMENAGEM AO CHAVES (1) homens na dança (1) humor (1) I Workshop de Contemporâneo 2014 (1) II sorteio do blog 2014 (1) III Festival do Livro e leitura de Diadema 2014 (1) impressões (12) In memoriam (1) infra-estrutura (1) inicio de aulas (5) inicio de novo módulo 2014 (1) Inscrições Abertas (1) inspiração (1) leis dos profissionais de dança (1) leitura (2) lembranças (10) link de videos (1) livro (9) livros e filmes (7) manifestação dos bailarinos (1) Manifestação em São Paulo (2) máscaras (1) mercado de trabalho (9) momentos históricos (1) Movimento (1) novidades pessoais (7) novos horários (1) o que é dança? (1) Oficina (3) oficina de ballet (16) onde comprar (1) opinião (4) oportunidades (5) pagamento (2) palco (1) palcos (1) palestra (4) Palestra Dançar a Vida em Santo André (1) Papa no Brasil (1) parceiros do blog (1) páscoa (1) PCN de Dança (1) pensamentos (29) Pesquisa (4) Pós-Graduação em Arteterapia (3) Pré-inscrição de Dança e Feminilidade (1) produtos (1) profissionais de dança (1) Projetos (2) promoção do Blog (1) promoção do Blog 2014 (1) Pronunciamento da Dilma (1) Propagandas com dança (1) próximos eventos (5) público (1) recados (7) reflexão (25) registro (3) registro de atividade (14) regulamento (1) Repertório (1) reportagem da Globo sobre a dança (1) Repúdio ao CONFEF (1) Respondendo uma Tag (1) resultado da promoção do blog 2014 (1) resultado do sorteio de dezembro 2014 (1) resultados (2) retrospectiva 2013 (1) Revelando São Paulo 2013 (1) Roda das Deusas (2) rolezinho (1) sala de aula (1) Santo Agostinho (1) saúde (1) série (3) setembro 2014 (2) site pessoal (1) sobre as manifestações (2) sobre o blog (1) tcc (2) teatro (1) temas (1) trabalho (22) trabalho remunerado (3) trabalhos (1) tráfico de pessoas (1) uniforme (1) vale dança (1) versões (1) vídeos (1) vila linda (1) Violência doméstica (1) Vitória do Brasil (1) Vivência de Dança e feminilidade:Eu-Mulher 2014 (2) Workshop (4)