domingo, 22 de setembro de 2013

Revelando São Paulo 2013

Movimento Hare Krishna
Depois de dançar na Faculdade, corremos pra festa



















Que sábado maravilhoso amigos dançantes! Depois de uma apresentação de dança circulares na faculdade, minha amiga Fernanda  e eu fomos  ao Revelando São Paulo. Super no improviso e com grana curta!  


E como era de se esperar foi ma-ra-vi-lho-so!!! Tivemos sorte, assim que  chegamos tinha um grupo Hare Krishna  dançando e cantando! Uma energia ótima!












Olhamos todo o artesanato, as mudas do Verdejando (pena que não estavam distribuindo), vimos uma apresentação lindíssima de dança cigana e também  de dança indígena. 

Muita gente, muita criança e cores e cheiros... hummmm... fomos comer alguma coisa. Eu quase pirei com o cheiro de tanta comida boa!!! Tudo feito a lenha, com decoração simples e bonita, com gente muita simpática atendendo! Pena que alguns lugares ainda não aceitam cartão!

Doce de abóbora feito á lenha

comida deliciosa!!!
Depois de andar e comer bastante fomos ao palco principal e sabe o que teve? Samba-de -lenço, Jongo, Batuque, samba de umbigada... Era a noite dos tambores... Ganhamos um presente, pois não sabíamos a programação. Como eu disse,foi no improviso. Mesmo eu, com muitas sacolinhas e a Fe com bolsa, nós dançamos demais! Até a poeira subir (literalmente) rsrs! Eu não sabia se assistia, se tirava foto, se dançava... 


Aquecendo os tambores

carro-de-boi (dessa vez eu não andei kkk)




apresentação indígena
Que festa fantástica!! Parabéns aos organizadores e á todos os participantes! Nós que somos da cidade, super urbanos e internautas, com muita tecnologia, não estamos mais acostumados com essa cultura do interior. Para mim é lembrar de muitos familiares que moram na roça,lembrar da minha infância... Que delícia! Cabe a nós brasileiros conhecer, reconhecer, valorizar e  prestigiar esses momentos! 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Repúdio ao CONFEF



http://www.opovo.com.br/app/opovo/vidaearte/2013/09/12/noticiasjornalvidaearte,3127838/polemica-sobre-registro-dos-profissionais-de-danca-tem-novo-capitulo.shtml
Reportagem de Elisa Parente

Peço desde já desculpas aos meus colegas de educação física. Sei que muitos são competentes, que fazem um trabalho muito bom. Falarei sobre o que foi dito na reportagem! Mas a minha opinião é essa: Eu sou contra o profissional de Educação Física,  não  formados em alguma técnica de Dança, ministrar aulas de Dança!

Pessoal de dança, vocês leram essa notícia? Lastimável essa situação. A mando de quem um político passa por cima de Leis existentes sobre nossa atuação, para defender, ampliar e justificar a prática de uma classe, que respeito muito, mas que não são aptos a trabalharem com dança? 

Quando nós profissionais de dança procuramos a graduação (de dança), em sua maioria, são pessoas com pouca ou muita experiência na área. Alguns não tem nenhuma experiência e correm atrás do prejuízo (ou pelo menos deveria) para exercer melhor essa função.

Só posso dizer que é um retrocesso. E a pior parte que mostra total despreparo e desconhecimento deste senhor, é este trecho da entrevista ( as partes em parenteses eu mesma coloquei): "Ele (presidente do Conselho Federal de Educação Física) alega ainda que o trabalho feito em academias de dança são, na verdade, “exercícios físicos, ginásticas ‘travestidas’ com o nome de dança (Como assim??????), colocando em risco a saúde dos praticantes. O bailarino não tem conhecimento da intensidade dos exercícios físicos, do peso, das diferenças entre as diversas faixas etárias (Como assim????????????????????????) e essas atividades requerem um conhecimento que hoje é efetivamente transmitido dentro dos cursos de Educação Física (MENTIRA)”.

Eu fiz a minha Graduação em Dança ( Licenciatura), tenho muito orgulho de ter feito, e antes da graduação eu já sabia sobre as intensidades dos exercícios ( que são variáveis.  Depende do nível técnico, do estilo de dança e da fase que se está) e  faixa etária (nossa aqui é o fim). Gostaria de convidar o senhor Presidente do tal Conselho a visitar uma academia que oferece cursos de formação técnica de dança e a faculdade que oferece graduação para que ele possa ver a Matriz Curricular do Curso. Ou melhor, porque ele mesmo não se forma em uma dança e experimenta para saber  se um educador físico está apto a ministrar essas aulas???? 

Essa fala do senhor presidente mostra total despreparo e desconhecimento de nossas funções. Quem não deveria dar uma aula de dança é o profissional de educação física que tiveram 1 semestre de dança e (acham) pode ensinar nas academias. Eles sim,  ensinam exercícios de ginástica travestido em "dança". 

A população pode até estar "fazendo certo"( porque segundo o pensamento desse senhor,  bailarino não sabe dar aula), mas não está aprendendo dança nenhuma! E  quantos profissionais com muita dificuldade de encontrar locais para dar aula (inclusive eu) sem emprego, porque educadores físicos, estão ocupando o cargo que deveriam ser de profissionais de dança?!

Repúdio ao CONFEF!!!!

 Endosso o meu apoio á deputada Alice Portugal!




Há esse trecho na reportagem. Quando encontrar a carta na integra posto aqui!


"Trechos da carta do Fórum Nacional dos Coordenadores dos Cursos Superiores de Dança

“Os coordenadores dos cursos de graduação em dança entendem a importância de garantir as distinções das áreas de conhecimento e manifestações artísticas/culturais, preservando o espaço de atuação do profissional da área da dança que, segundo a CAPES/CNPQ, pertence a área de Linguística, Letras e Artes. A Educação Física, por sua vez, está inserida na área de Ciências da Saúde. (...) As duas áreas de conhecimento (Educação Física e Dança) possuem regulamentações próprias: Educação Física – Lei n.º 9.696/98 - e Dança - Lei n.º 6.533/78, que evidenciam necessidades distintas de tratamento em relação às suas atuações profissionais”. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Precisa-se de boas notícias!



Nesse dias houve muitas notícias horripilantes. Resultado de uma sociedade alienada, descrente e desumana. Casos escabrosos como o assassinato e suicídio da família Pesseghini e da família de Cotia, nos dão um tapa na cara, pois tudo em que acreditamos como "receita" para gerar um ser humano forte e feliz, como educação, família e cuidado com o outro, são contestados por casos como esses. 

 O mesmo podemos dizer dos casos de espionagem ( que podem causar uma guerra), bomba química contra civis ( será verdade? Não sei ,mas o que esperar de um lado ditadores, e do outro,  um país que adora a guerra? Pronto. O cenário está armado. Aí depois que atacarem, aparecem documentos que comprovam que não havia armas químicas... Você já viu esse filme?), extinção de animais, racismo, brigas religiosas... Nos mostram que o ser humano tem um lado obscuro... É destrutivo, por mais que você dê o melhor... 

Que mundo é esse? E isso não é de agora... As pessoas estão sem limites e estão se degradando... Começou quando tudo isso? Com a destruição da natureza, destruição em massa, destruição intima... Onde nós vamos parar com o ser humano reprimindo, destruindo, agora sem limites e sem nada? Estou inconformada com tudo isso.

Estamos entre o belo e o bélico todo dia... Cansaço! O que dizer depois disso? O ser humano é o que é. Imprevisível. Nada pode nos dar a certeza de que aquele pequeno ser chamado criança, fará um futuro melhor, será melhor, educará melhor ou qualquer coisa de melhor. Por mais que você ofereça e proteja. É um bingo! O ser humano é um bingo!

Até de literatura violenta estou me afastando. A notícia está pesada? Mudo de canal? A mocinha está sendo maltratada? Mudo de canal! Só quero boas notícias, de amores que dão certo, de músicas alegres. Eu te desejo uma vida doce. Doçura, ternura, carinho... porque estamos precisando!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Filme "Na mira da Morte" - o ballet como arma



Passou na Tv o filme "Na mira da Morte". Onde uma bailarina Russa se vê em apuros depois da morte do marido. Eu não vou escrever muito sobre o filme, particularmente não gostei. 

É raro ver um filme de dança passar na tv, ou é sobre dança de salão ou sobre alguém que se salvou da criminalidade com a ajuda da dança. Agora ver o Ballet como arma foi realmente a surpresa do filme (para mim e com certeza para muita gente).

 Meu pai ficou tão empolgado de ver a bailarina lutar com os bandidos utilizando-se do ballet, que parecia um filme do Bruce Lee. Nunca pensei em nada parecido... Será que realmente é possível fazer aquilo contra alguém que deseja te matar???? Juro que pensei no negócio...

Mas... Eu gostaria de ver o filme com um bailarino. Acho que seria muito mais interessante. Não gostei de ver a mocinha com quase nenhuma fala ( alguém sai com o marido e só o marido fala, ela vê um monte de coisa bonita e fica muda,hummm... sei).

 Pena que o Patrick Swayze não está vivo,pois ele fazia filmes de ação e dançava. De repente, quem sabe, colocaria uma virgula no pensamento preconceituoso de algumas pessoas "Homem+Ballet=homossexual", quem sabe assim o filme seria mais interessante?!...

"Na mira da Morte"
Direção: Robert Crombie e Sofya Skya
Gênero: Suspense/Ação
Duração: 90 min.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 1 de setembro de 2013

Bailarinos Ets ( ou não?)



Olá amigos dançantes td bem?

Em uma das aulas da Pós,  de dança terapêutica, uma colega muito simpática e delicadamente disse que em alguns momentos deixa de dançar para ver as bailarinas ( eu e uma colega) dançando. Achei interessante e curioso...  Respondi: "Não vim aqui para dançar com técnica, vim somente para dançar". Outra colega, na mesma turma, disse que durante a vivência parou para olhar e copiar alguns movimentos (no sentido de aprender). 

A sala é mista, há artistas e educadores,mas fiquei espantada com a minha ingenuidade de achar que não estava sendo vista. Não percebia essa expectativa no grupo. As pessoas achavam que eu danço com técnica o tempo todo...

Em festas isso acontece muito. Ninguém me chama para dançar porque "ninguém sabe", ou há também a situação "vem dançar porque você sabe". Ou seja, há uma expectativa muito grande nas outras pessoas em qualquer evento onde há música e pista de dança. Acho que psicólogos passam por isso,né? As pessoas acham que serão analisadas o tempo todo quando falam alguma coisa...

Sei de muitos colegas que são exibicionistas e aproveitam a situação para mostrar o quanto sabem em relação à técnica, gostam do burburinho das pessoas comentando o quão "superiores" eles são... um blablablá só para inflar o ego. Não sei se isso é ética, mas para mim, é muito importante saber a diferença entre palco e festa particular, entre aula técnica e aula de experimentação, entre aula técnica e terapia corporal.

 Inicialmente eu evitava dançar em qualquer festa, ficava com vergonha de tanto que as pessoas olhavam, me sentia engessada porque me sentia cobrada a dançar direito, mas agora parei com isso. Em qualquer festa eu danço como quiser e principalmente SE eu quiser. Há festas que eu prefiro conversar com as pessoas, não me sinto na obrigação de dançar só porque estou numa festa...

Enfim, essa expectativa pode ser tanto negativa quanto positiva, pois gera pré-conceitos e até julgamentos errados. Aí, ao invés de ter uma aproximação há um afastamento, porque te acham metida ( dançando ou não), desconfiam se você sabe mesmo ou se está gostando da festa (se não quer dançar) e se dança o tempo todo ( metida demais). Difícil,né? E você? O que faz?




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores

#MeuDiárioFeminino (1) 1° seminário internacional de dança (1) 2015 (1) Agradecimento (2) alguns nomes da dança contemporânea (1) alunos (2) Amigos da ribalta (2) aniversário! (1) Ano Novo (1) apresentação (14) apresentação de trabalho (3) arteterapia (1) assédio moral (1) atualidade (1) aula aberta (2) aula semanal (2) aviso geral (1) bailarina de férias (1) Ballet Cinderella (1) Ballet Clássico (1) Ballet Stagium (1) benefícios da dança (7) Biblioteca Vila Floresta (1) Bienal Ibirapuera (1) Boas festas (1) Brasil! (1) cachê (1) camisetas do curso (1) campanha (2) cata preta (1) cavaleiros do zodíaco (2) cesas (15) Cia Artística Afro Sol (1) ciclos da vida (3) cinema (1) citação (1) coluna do blog (3) Coluna Ensaios (6) Coluna Registro de Atividade (9) comerciais (1) como usar (1) compartilhar (2) comportamento (1) concurso 2014 (1) conhecendo a blogueira (1) contato (7) Copa das confederações (1) coreografias (3) crianças (1) criatividade (1) critica (1) Curso (3) Curso de Dança e Feminilidade (20) curso on-line (1) Cursos 2014 (3) dança (4) dança contemporânea (9) dança conteporânea (1) Dança e Feminilidade (17) Dança Moderna (1) dança na TV (1) data comemorativa (9) data do Lançamento do livro e vernissage (4) datas (1) desafio Méliuz Startup (3) desânimo (1) Despedida (1) Deusa Afrodite (1) dia do bailarino (1) dia dos pais (1) dia dos professores (1) Dia Internacional da Dança (1) dia mundial da dança (1) dificuldades (1) dilemas da profissão (4) Ditadura Militar (1) divulgação (40) dúvidas sobre o vale dança (1) eleições 2014 (3) engraçado (1) Ensaios (3) ensino (1) escola (1) Espaço Shanti (2) Eu Louvo a Dança (1) evento (4) eventos (1) facebook (1) faculdade de dança (4) (1) feira de artesanato (2) FELIZ PÁSCOA (1) feminilidade (1) feminino (1) filme (2) filme de dança (1) final de módulo (1) foto (2) fotos (22) frases engraçadas (1) gosto (1) grupos de dança (2) heroínas (1) história (9) Homenagem (1) HOMENAGEM AO CHAVES (1) homens na dança (1) humor (1) I Workshop de Contemporâneo 2014 (1) II sorteio do blog 2014 (1) III Festival do Livro e leitura de Diadema 2014 (1) impressões (12) In memoriam (1) infra-estrutura (1) inicio de aulas (5) inicio de novo módulo 2014 (1) Inscrições Abertas (1) inspiração (1) leis dos profissionais de dança (1) leitura (2) lembranças (10) link de videos (1) livro (9) livros e filmes (7) manifestação dos bailarinos (1) Manifestação em São Paulo (2) máscaras (1) mercado de trabalho (9) momentos históricos (1) Movimento (1) novidades pessoais (7) novos horários (1) o que é dança? (1) Oficina (3) oficina de ballet (16) onde comprar (1) opinião (4) oportunidades (5) pagamento (2) palco (1) palcos (1) palestra (4) Palestra Dançar a Vida em Santo André (1) Papa no Brasil (1) parceiros do blog (1) páscoa (1) PCN de Dança (1) pensamentos (29) Pesquisa (4) Pós-Graduação em Arteterapia (3) Pré-inscrição de Dança e Feminilidade (1) produtos (1) profissionais de dança (1) Projetos (2) promoção do Blog (1) promoção do Blog 2014 (1) Pronunciamento da Dilma (1) Propagandas com dança (1) próximos eventos (5) público (1) recados (7) reflexão (25) registro (3) registro de atividade (14) regulamento (1) Repertório (1) reportagem da Globo sobre a dança (1) Repúdio ao CONFEF (1) Respondendo uma Tag (1) resultado da promoção do blog 2014 (1) resultado do sorteio de dezembro 2014 (1) resultados (2) retrospectiva 2013 (1) Revelando São Paulo 2013 (1) Roda das Deusas (2) rolezinho (1) sala de aula (1) Santo Agostinho (1) saúde (1) série (3) setembro 2014 (2) site pessoal (1) sobre as manifestações (2) sobre o blog (1) tcc (2) teatro (1) temas (1) trabalho (22) trabalho remunerado (3) trabalhos (1) tráfico de pessoas (1) uniforme (1) vale dança (1) versões (1) vídeos (1) vila linda (1) Violência doméstica (1) Vitória do Brasil (1) Vivência de Dança e feminilidade:Eu-Mulher 2014 (2) Workshop (4)