sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Homenagem ao Dia Internacional da Mulher

Sei que eu deveria falar de carnaval.... Mas não vou! Vou pular para o dia internacional da Mulher!!!

As aulas de Dança e Feminilidade no Espaço Shanti estão uma delícia!! Porque é o momento que temos para dançar, refletir, conversar, questionar e estudar, o feminino, comportamento e à nós!

Ontem, em homenagem ao dia Internacional da Mulher, fizemos uma atividade mais que especial chamada "Mandalas de mulheres". Consiste em fazer Mandalas com mulheres que nos inspiraram, que nos inspira de verdade. Independe da opinião da mídia!

Foi tudo uma delícia e como já citei anteriormente em outro post por aqui: "É preciso Ser para reconhecer -  é preciso ser uma grande mulher para detectar a grandeza de outra mulher. Toda vez que você notar algo de que gosta em outra mulher, esteja certa de que essa mesma qualidade existe em você." ( VIENNE apud SOUZA, 2013, p 98)

Confira as fotos!












Para nos lembrar que muitas mulheres inovaram e influenciaram positivamente a sociedade no comportamento, política, religião, trabalho social, educação, saúde, física, artes... E que devemos nos orgulhar desses exemplos! E Não foi difícil fazer essas Mandalas, porque parecia que a força delas emanavam da foto... Trabalho lindo!!!!



No Face: 

https://www.facebook.com/dancaefeminilidadecurso

https://www.facebook.com/blogdaveronica

Onde fazer: Dança e Feminilidade e Dança Contemporânea

Espaço Shanti
Rua Alonso Vasconcelos Pacheco, 843
Vila Bocaina, Mauá - SP
11 34843-7273

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Dança e Feminilidade no facebook



A novidade do curso Dança e Feminilidade ( ou Dança Feminina como as mulheres chamam rsrs) é a nossa fan page no facebook!

 Lá você pode ver um vídeo sobre o curso, algumas imagens, textos... tudo relacionado a mulheres, ao feminino e ver comentários das aulas.

Está mais que convidado. Venha fazer parte dessa comunidade!!!

https://www.facebook.com/dancaefeminilidadecurso





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Imagine!!!



Olá amigos dançantes!

Quantas vezes você foi assistir uma apresentação de dança e saiu de lá emocionado, em estado de tristeza ou felicidade? Desanimo ou horror?

E quando nos apresentamos, percebemos que as pessoas ficaram felizes ( ou não) com o que viram e dizem: "Nossa! Parecia que eu estava dançando junto." Eu respondo: "E estava mesmo." Creio que essa seja a melhor citação que encontrei para esse fenômeno (se podemos chamar assim):

" Eu tirei os exercícios de visualização do programa Apollo e os incluí no programa Olímpico nas décadas de 1980 e 1990. Foi Chamado de Pesquisa Motor Visual.

Quando você visualiza, você materializa. Eis uma coisa interessante: nós pegamos atletas Olímpicos, pedimos que eles disputassem as provas apenas na mente, e os ligamos a um sofisticado equipamento de Biofeedback. De forma impressionante, os mesmos músculos foram usados na mesma sequencia quando eles pensavam na disputa da prova e quando corriam na pista. Como é possível? Porque a mente não consegue distinguir se você realmente está fazendo algo ou se é apenas um exercício. Se você esteve lá mentalmente, estará lá fisicamente." (WAITLEY Apud BYRNE, 2007,pg 81)

Assim acontece com quem assiste uma apresentação de dança. Mesmo que você não conheça a coreografia, seus músculos são acionados e você se sente dançando, porque viu ou imaginou-se fazendo aquela dança. Pois esta, a dança, materializa o sentimento. A dança faz com que seu praticante encorpore emoções ou situações subjetivas e inconscientes.

Então... Expresse!!!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Como é essa dança?

Camiseta do Curso. Frente

Camiseta do curso. Atrás 

Nossa! É um desafio trabalhar com um curso que não é conhecido! Quando falamos de Ballet, Dança do Ventre ou Dança de Salão aparece uma imagem na cabeça das pessoas então é super fácil "reconhecer" aquilo, mesmo que as pessoas não saibam direito como é a dança.

Mas parece que tenho um certo fascínio por cursos desconhecidos... Comecei fazendo Dança Moderna. Difícil um bailarino saber... imagina um leigo? Encontrar material pra "vestir a camiseta" é um artigo de luxo. Com Dança Contemporânea é igual,mas... com alguns vídeos de apresentação de Cias, ainda dá para explanar um pouco.

Agora falar de "Dança e feminilidade"..... Gente me sinto ET! rsrsrsr
Como falar para as pessoas do conceito do curso se esperam um nome próximo para tentar entender... escuto coisas do tipo: "É pra deixar sensual?" "É tipo dança indiana?" Aí respondo: "É como dançaterapia". Aí a imagem fica mais longe ainda...............................

Banner de divulgação


Falar para as alunas é fácil, pois elas estão ali pra ver como é, experimentar, vivenciar... Mas pra quem não conhece realmente é um desafio. 

Sinto, que com a dança, as pessoas precisam de uma imagem, porque falar o conceito geralmente não é compreensível. Mas me pergunto, como você explicaria Como é Salvador Dalí? Como é Bossa Nova? Como é o Rap? Como é o Azul? Complicado,né?????

Desde o ano passado procuro fazer um Marketing do curso. Publiquei o livro, participei de alguns eventos e agora fiz umas camisetas para divulgar o curso. Mas confesso que é estranho ( e ao mesmo tempo muito gratificante) fazer esse papel. Pois saio do nada, quer dizer, quase do nada, para o curso ser conhecido, até porque os passos são pequenos mas constantes rsrs

Estou fazendo mais coisas e logo posto aqui, quem sabe um dia esse curso se consolida, assim como é com outras danças? 

Obrigada Espaço Shanti e minhas alunas por abraçarem o curso; obrigada "Ipi Camisetas" por confeccioná-las e obrigada a Gráfica Esperança por Confeccionar meu Banner e meus cartões de visita!



Meu site: http://veronicasantiago.webnode.com/

Link do Livro: http://veronicasantiago.webnode.com/products/livro%3a-dan%C3%A7a-e-feminilidade%3a-as-dan%C3%A7as-etnicas-sob-um-olhar-contempor%C3%A2neo/

Facebook Ipi Camisetas: https://www.facebook.com/ipi.camisetas.9?fref=ts

Facebook Espaço Shanti: https://www.facebook.com/pages/Espa%C3%A7o-Shanti-Mau%C3%A1/222750047873976

Facebook Gráfica Esperança: https://www.facebook.com/graficaesperanca?fref=ts



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 2 de fevereiro de 2014

Alienação dos polos

Qualquer pessoa que já fez a transição da elite/periferia, com trabalhos culturais, entenderá o que estou falando. O buraco social é enorme e se continuar do jeito que está, vai aumentar mais, muito mais.

Vi na TV que o pessoal do Rolezinho pediu para a prefeitura, colocar os cursos culturais que eles querem na periferia. Ok. Mas na mesma reportagem não se falou em quais ações, ou seja, quais foram as oficinas que pediram ao prefeito.

E eu quero saber, pois em locais que trabalhei, aqui na periferia do ABCD tinha aulas de Rap, Dança de Rua, Ballet, Grafite, várias modalidades esportivas, artes visuais, música... entre outras. Então quais seriam os outros curso? Na periferia de São Paulo, não existe esses cursos? Eu gostaria de saber.

Também reclamaram que não há locais para se divertir (com pouca grana?). Mas gente fala sério, andamos no shopping, ok... mas o shopping não pode ser a única fonte de diversão! Isso é culpa nossa. Dessa sociedade que vai pro shopping comemorar o aniversário comendo lanche e não ensina que há muitos locais para se divertir.

Quem mora longe, não vai querer andar no Ibirapuera porque é longe. Compreendo,deslocamento urbano é um inferno para qualquer um. Mas vai lá! Nada te impede a não ser você. 

Acredito que não podemos ficar com "cara de elite" e "cara de periferia". Isso já existe mas viver na ponta dos polos aliena as pessoas. E parece, hoje em dia, que ninguém consegue mais ser alguma coisa diferente da sua tribo. Colocamos embalagem "Zona Leste", "Morumbi", "Mauá" nas pessoas e ficamos fechados ali, no rótulo. Isso pra mim é muito estranho e limitado. Na minha opinião devemos transitar sempre. Você precisa saber andar nos locais diferentes dos locais que vc anda. Mas hoje parece que quem é da periferia quer continuar na periferia, sem querer ir a um local longe e diferente de sua classe social ou tribo. Ou seja, se isola e reclama que é isolado? 

Me desculpem,  sou do tempo que eu tinha que estudar para falar direito, se arrumar para ir a um local de "rico", a comer com garfo e faca, ser gentil e educada com as pessoas. Ser pobre, mas ser educada. E na vida, as portas que encontrei fechadas, abri gentilmente, sem esconder de onde vim. Já sofri preconceito, de escola de dança à possíveis namorados. Porém... isso não me impede de nada!








Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores

#MeuDiárioFeminino (1) 1° seminário internacional de dança (1) 2015 (1) Agradecimento (2) alguns nomes da dança contemporânea (1) alunos (2) Amigos da ribalta (2) aniversário! (1) Ano Novo (1) apresentação (14) apresentação de trabalho (3) arteterapia (1) assédio moral (1) atualidade (1) aula aberta (2) aula semanal (2) aviso geral (1) bailarina de férias (1) Ballet Cinderella (1) Ballet Clássico (1) Ballet Stagium (1) benefícios da dança (7) Biblioteca Vila Floresta (1) Bienal Ibirapuera (1) Boas festas (1) Brasil! (1) cachê (1) camisetas do curso (1) campanha (2) cata preta (1) cavaleiros do zodíaco (2) cesas (15) Cia Artística Afro Sol (1) ciclos da vida (3) cinema (1) citação (1) coluna do blog (3) Coluna Ensaios (6) Coluna Registro de Atividade (9) comerciais (1) como usar (1) compartilhar (2) comportamento (1) concurso 2014 (1) conhecendo a blogueira (1) contato (7) Copa das confederações (1) coreografias (3) crianças (1) criatividade (1) critica (1) Curso (3) Curso de Dança e Feminilidade (20) curso on-line (1) Cursos 2014 (3) dança (4) dança contemporânea (9) dança conteporânea (1) Dança e Feminilidade (17) Dança Moderna (1) dança na TV (1) data comemorativa (9) data do Lançamento do livro e vernissage (4) datas (1) desafio Méliuz Startup (3) desânimo (1) Despedida (1) Deusa Afrodite (1) dia do bailarino (1) dia dos pais (1) dia dos professores (1) Dia Internacional da Dança (1) dia mundial da dança (1) dificuldades (1) dilemas da profissão (4) Ditadura Militar (1) divulgação (40) dúvidas sobre o vale dança (1) eleições 2014 (3) engraçado (1) Ensaios (3) ensino (1) escola (1) Espaço Shanti (2) Eu Louvo a Dança (1) evento (4) eventos (1) facebook (1) faculdade de dança (4) (1) feira de artesanato (2) FELIZ PÁSCOA (1) feminilidade (1) feminino (1) filme (2) filme de dança (1) final de módulo (1) foto (2) fotos (22) frases engraçadas (1) gosto (1) grupos de dança (2) heroínas (1) história (9) Homenagem (1) HOMENAGEM AO CHAVES (1) homens na dança (1) humor (1) I Workshop de Contemporâneo 2014 (1) II sorteio do blog 2014 (1) III Festival do Livro e leitura de Diadema 2014 (1) impressões (12) In memoriam (1) infra-estrutura (1) inicio de aulas (5) inicio de novo módulo 2014 (1) Inscrições Abertas (1) inspiração (1) leis dos profissionais de dança (1) leitura (2) lembranças (10) link de videos (1) livro (9) livros e filmes (7) manifestação dos bailarinos (1) Manifestação em São Paulo (2) máscaras (1) mercado de trabalho (9) momentos históricos (1) Movimento (1) novidades pessoais (7) novos horários (1) o que é dança? (1) Oficina (3) oficina de ballet (16) onde comprar (1) opinião (4) oportunidades (5) pagamento (2) palco (1) palcos (1) palestra (4) Palestra Dançar a Vida em Santo André (1) Papa no Brasil (1) parceiros do blog (1) páscoa (1) PCN de Dança (1) pensamentos (29) Pesquisa (4) Pós-Graduação em Arteterapia (3) Pré-inscrição de Dança e Feminilidade (1) produtos (1) profissionais de dança (1) Projetos (2) promoção do Blog (1) promoção do Blog 2014 (1) Pronunciamento da Dilma (1) Propagandas com dança (1) próximos eventos (5) público (1) recados (7) reflexão (25) registro (3) registro de atividade (14) regulamento (1) Repertório (1) reportagem da Globo sobre a dança (1) Repúdio ao CONFEF (1) Respondendo uma Tag (1) resultado da promoção do blog 2014 (1) resultado do sorteio de dezembro 2014 (1) resultados (2) retrospectiva 2013 (1) Revelando São Paulo 2013 (1) Roda das Deusas (2) rolezinho (1) sala de aula (1) Santo Agostinho (1) saúde (1) série (3) setembro 2014 (2) site pessoal (1) sobre as manifestações (2) sobre o blog (1) tcc (2) teatro (1) temas (1) trabalho (22) trabalho remunerado (3) trabalhos (1) tráfico de pessoas (1) uniforme (1) vale dança (1) versões (1) vídeos (1) vila linda (1) Violência doméstica (1) Vitória do Brasil (1) Vivência de Dança e feminilidade:Eu-Mulher 2014 (2) Workshop (4)